Posts com tag “relógio do fim

O relógio do fim

relogio do fim

“Um grupo internacional de cientistas adiantou em dois minutos os ponteiros do Relógio do Juízo Final, um instrumento  simbólico que marca quantos minutos restam para a aniquilação da humanidade. Atualmente o Relógio marca 5 minutos” ¹

A notícia acima dá conta de que cientistas resolveram criar um relógio que tem sido usado como referencial para se avaliar o quanto o mun­do está diante de uma iminente destruição. O marco decisivo deste relógio é a meia-noite, ou seja, quando o relógio assim marcar o mundo estará, em tese, diante do seu fim.

Para nós que conhecemos a Palavra de Deus, o termo meia-noite nos faz lembrar da parábola das 10 virgens de Mt 25. Ali nos é dito que um grupo de virgens (noivas) aguardava a chegada do noivo. Ficamos sabendo que o noivo se demo­rou Mas, á meia-noite, ouviu-se um grito: Eis o noivo saí ao seu encontro”. No contexto profético da parábola, as virgens são uma figura das pessoas – cristãos/judeus messiânicos – que afirmam seguir à Jesus, o noivo, e a meia-noite significa o clímax da história humana, quando então se dará o retorno de Jesus Cristo. Isto está bem claro na parábola. Agora, algo interessante no texto é sobre a hora da che­gada do noivo, à meia-noite.

Como dissemos, o apelo da parábola é profé­tico. Assim sendo, devemos compreender o texto com olhar profético. Logo, a meia-noite na pará­bola significa um momento especial. Natural­mente falando, meia-noite significa aquele mo­mento onde a noite se encontra na sua maior ple­nitude, onde as trevas estão mais densas. Contu­do, a meia-noite marca também um momento de transição, ou seja, o limite das trevas anuncia a chegada da manhã, o raiar de um novo dia.

Trazendo esta realidade para o plano espiritual e profético, podemos entender a meia-noite da parábola como o momento critico da história humana onde o contexto mundial será caracterizado por uma situação de crise em todos os aspectos da sociedade, colapso da economia mundial, fome, guerras, cataclismas mundiais, epidemias, e ainda, um colapso moral sem precedentes na história “Sabe, porém, isto : que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos. Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons” (2Tm 3.1-3). E é justamente  esta reali­dade que tem se manifestado em nossos dias.

De acordo com o físico Stephen Hawking, um dos maiores gênios contemporâneos e membro do conselho do Relógio, o mundo está novamente perto de um apocalipse nuclear e de um desastre ecológico. Segundo Hawking, o aquecimento global representa uma grande ameaça, maior até que o terrorismo e a guerra nuclear, por isso o Relógio foi adiantado.” ²

Nos dias atuais percebemos cada vez mais um afastamento do homem dos caminhos de Deus. Nos noticiários quase somente se ouve notícias de guerras, revoluções, violência, aumento da criminalidade, desprezo pela vida alheia, corrupção, sem contar epidemias, catástrofes natu­rais, crise economia global etc. A cultura moderna tem privilegiado justamente aqueles comportamentos contrários aos fundamentos da palavra de Deus e aos seus valores como o individualismo, hedonismo, materialismo, promiscuidade, a desestruturação da família tradicional e a perversão deste conceito, o aborto, adultério, a falta de absolutos morais e tantos outros males. O corolário desta constatação é que definitivamente nos aproximamos da meia-noite do mundo. Partindo desta constatação, nossa postura como cristãos nestes dias deve ser de vigilância como nos recomenda a parábola:”Vigiai, pois, porque não sabeis o dia nem a hora.

Entendamos, não saber o dia e a hora é diferente de não saber o momento profético. De fato não podemos saber o tempo cronológico (do Gr Kronos), mas podemos saber o tempo profético, oportuno ( no Grego=tempo Kairós). Portanto estejamos atentos, pois os sinais dos tempos nos indicam a iminência do retorno do Mestre.

Finalmente, da mesma forma como no mundo natural, a meia-noite espiritual também nos mostra que um novo dia se aproxima, Romanos 13:12-A noite é passada, e o dia é chegado. Rejeitemos ,pois, as obras das trevas e vistamo-nos das armas da luz”. Deus está nos chamando nestes tempos finais a andarmos na sua luz e abandonarmos todo tipo de trevas. A igreja como portadora da luz de Jesus, deve assumir sua responsabilidade de ser esta luz para o mundo, dissipando as trevas da ignorância espiritual que tem mantido os homens presos ao engano do pecado e alheios a vontade de Deus.

Dizem que certo líder de uma conhecida denominação, ao perguntar em oração à Deus quanto tempo ainda nos resta, recebeu uma visão de um relógio o qual marcava cinco minutos para a meia-noite. O relógio de Deus se aproxima da hora decisiva, a qualquer momento será dado o sinal, o som da trombeta de Deus soará para a santa convocação e o chamamento (arrebatamento) da noiva se ouvirá então: “Eis o noivo, saí a seu encontro”! Você está preparado?

Paulo Costa

(¹)(²)- Fonte: www.apolo11.com
 


ah40


Você está mentalmente e espiritualmente preparado para os dias difíceis que brevemente sobrevirão sobre toda a terra? Sente que há algo de errado com o mundo em que você vive? Há uma incomodação interior que aflige tua alma e não sabes o porquê ? Há uma resposta. Visite a Sala de Parto e, experimente o novo nascimento!!

 
Anúncios