Arquivo para janeiro, 2010

Legion: Hollywood à serviço de Satanás



Afirma-se que 90% dos estúdios de hollywood estejam comprometidos com a doutrina luciferiana dos Illuminati sendo um poderoso instrumento de engenharia social para condicionar as últimas gerações a abandonarem os valores da antiga ordem, fundamentada nos valores da tradição judaico-cristã, em favor dos valores e da visão de mundo da Nova Ordem Mundial.

Quando tomamos conhecimento do enredo que envolve o filme “Legion”, somos inclinados a acreditar que a afirmação acima é totalmente verdadeira. O próprio titulo do filme já diz muito de seu conteúdo e nos faz lembrar das palavras do endemoninhado gadareno, o qual possesso por uma legião de demônios vociferou em resposta a Jesus: Legião é o meu nome, porque somos muitos.”Mc 5:9.

De fato o filme faz juz a seu nome, pois, seu conteúdo é uma total distorção do texto do livro de Apocalipse. Em uma entrevista o diretor Scott Stewart  confessou que se utilizou deste livro para a criação de seu filme, porém, sua blasfema adaptação promove uma verdadeira distorção que vão desde as figuras que integram a narrativa apocaliptica, com suas naturezas e papéis desempenhados e, como era de se esperar, até a  distorção da mensagem principal do livro, que é a revelação de Jesus Cristo ressurreto e glorificado, substiuindo-a por um roteiro que fala da revolta do Arcanjo Miguel contra Deus tentando frustar seu desígnio de exercer o juízo sobre a Terra.

Agindo assim, inadvertidamente, e para sua própria desgraça, Scott Stewart está atraindo sobre si a maldição claramente exposta no livro de Apocalipse a recair sobre todo aquele que, a exemplo deste diretor, alterarem qualquer parte das profecias no livro contidas, vejamos: Porque eu testifico a todo aquele que ouvir as palavras da profecia deste livro que, se alguém lhes acrescentar alguma coisa, Deus fará vir sobre ele as pragas que estão escritas neste livro; E, se alguém tirar quaisquer palavras do livro desta profecia, Deus tirará a sua parte do livro da vida, e da cidade santa, e das coisas que estão escritas neste livro.” Apoc 22: 8,9.

Contudo, a julgar pela natureza de Hollywood, parece que o diretor de Legion sabe o que pretende com seu  filme. Na esteira dos filmes hollywoodianos de temática apocaliptica, o propósito de Legion consiste em inverter valores, estigmatizando os cristãos como fundamentalistas e descompassados para os novos tempos e, num extremo mais grave, no devido tempo, como responsáveis pelas calamidades do juizo vindouro. Busca-se, também, através do processo dialético, jogar a criatura contra seu Criador, talvez, já como preparação para a revolta descrita em Ap 16:9, quando diante dos juízos de Deus, os homens, ao invés de se arrependerem de seus pecados irão, ao contrário, se endurecerem ainda mais.

“E os homens foram abrasados com grandes calores, e blasfemaram o nome de Deus, que tem poder sobre estas pragas; e não se arrependeram para lhe darem glória.” Apoc 16:9

Tudo isto nos serve de alerta e nos mostra que o fim de fato tem se aproximado, e que coisas ainda piores do que este blasfemo filme está para ser regurgitado das entranhas de Satanás, para a apreciação de uma geração má e adultera cada vez mais inclinada às coisas do oculto, “…as profundezas de satanás”. Ap 2:24.

ah40

Você está mentalmente e espiritualmente preparado para os dias difíceis que brevemente sobrevirão sobre toda a terra? Sente que há algo de errado com o mundo em que você vive? Há uma incomodação interior que aflige tua alma e não sabes o porquê ? Há uma resposta. Visite a SALA DE PARTO e, experimente o novo nascimento!!
Anúncios